Auditório Ibirapuera apresenta

Irmãos Aniceto, Marimbanda e Carlos Malta

em Epifania Kariri

Os Irmãos Aniceto, o quarteto instrumental Marimbanda e o músico Carlos Malta sobem ao palco com o espetáculo Epifania Kariri, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018. Promovendo a interação de linguagens, a união dos artistas e o diálogo entre diversas vertentes da música brasileira, a apresentação é composta de danças tradicionais e repertório formado por composições autorais, além de obras de Hermeto Pascoal e Dorival Caymmi. Na ocasião, será lançado o DVD do projeto.

Acessar texto completo

11  Agosto |  19H

Irmãos Aniceto, Marimbanda e Carlos Malta

em Epifania Kariri

Os Irmãos Aniceto, o quarteto instrumental Marimbanda e o músico Carlos Malta sobem ao palco com o espetáculo Epifania Kariri, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018. Promovendo a interação de linguagens, a união dos artistas e o diálogo entre diversas vertentes da música brasileira, a apresentação é composta de danças tradicionais e repertório formado por composições autorais, além de obras de Hermeto Pascoal e Dorival Caymmi. Na ocasião, será lançado o DVD do projeto.

Acessar texto completo

Domingo | 19H

11 Ago 2019

Local: Plateia interna

Abertura da casa: 90 minutos antes do espetáculo

Duração aproximada: 80 minutos

Ingresso: R$ 30 e R$ 15 (meia entrada)

Domingo | 19H

11 Ago2019

  • L

Local: Plateia interna

Abertura da casa: 90 minutos antes do espetáculo

Duração aproximada: 80 minutos

Ingresso: R$ 30 e R$ 15 (meia entrada)

Irmãos Aniceto, Marimbanda e Carlos Malta

Os Irmãos Aniceto*, o quarteto instrumental Marimbanda – formado por Heriberto Porto, Luizinho Duarte, Miqueias dos Santos e Thiago Almeida – e o músico Carlos Malta sobem juntos ao palco do Auditório Ibirapuera com o espetáculo Epifania Kariri, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018. Na ocasião da apresentação, será lançado o DVD do projeto.

“O show traz um repertório de composições autorais da Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, com arranjos inéditos, além de obras de Hermeto Pascoal e Dorival Caymmi, fazendo um encontro do tradicional com o jazz e com a improvisação, mas com uma visão mais contemporânea dessa música centenária”, explica Heriberto Porto, flautista da Marimbanda e professor do curso de música da Universidade Estadual do Ceará (Uece). “É um evento musical e histórico que conta com uma parte cênica e de dança muito fortes e vai possibilitar ao público a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre essa prática da nossa cultura.”

O projeto Epifania Kariri, selecionado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, foi idealizado por Heriberto Porto e pela produtora Rosina Torres com o objetivo de promover a interação de linguagens, a união dos artistas e o diálogo entre diversas vertentes da música brasileira, mostrando ainda a importância  das bandas de pífano (outra denominação para banda cabaçal, como a centenária dos Irmãos Aniceto), como patrimônio musical brasileiro. Segundo o flautista, o desejo da Marimbanda de tocar com os músicos vinha de muitos anos.

“A ideia do projeto é mostrar a música da Banda Cabaçal não só como uma coisa antiga, de folclore. Essas bandas são como ‘uma prova’ do lugar de onde vem essa nossa música ancestral.  Percebemos nelas a origem do choro, do samba e do baião, já que existe um núcleo comum dessas manifestações culturais – muito presente no Ceará, em Sergipe, em Pernambuco e na Bahia. Essa prática da flauta com a percussão, que veio da Idade Média e chegou ao Brasil via colonizadores, se misturou com a música dos índios e dos negros e resultou em algo maravilhoso”, explica Heriberto. “O Carlos Malta trabalha há mais de 20 anos com bandas de pífanos, tem um grupo [Pife Muderno] e é muito próximo dos Irmãos Aniceto. Também já tínhamos tocado juntos em outros shows. Os Irmãos Aniceto por sua vez  participaram de um documentário sobre pífanos no Brasil [Xingu Cariri Caruaru Carioca], em 2015. Então, foi muito fluido esse encontro na Epifania Kariri.

Heriberto acrescenta que, num primeiro momento, Marimbanda e Carlos Malta fizeram uma imersão com a banda dos irmãos Aniceto, durante uma semana, no Cariri, para preparar o espetáculo, experimentando arranjos e repertório. O resultado desse grande encontro foi a gravação do DVD Epifania Kariri – que aconteceu no Theatro José de Alencar, de Fortaleza (CE) –, que vai ser lançado no palco do Auditório Ibirapuera.

“A reação dos irmãos com o nosso convite foi de muita alegria”, conta o flautista. “Estamos valorizando esse patrimônio cultural brasileiro que muitas vezes fica restrito aos encontros de folclore, e dessa forma mostrando toda a sua riqueza cultural e musical a uma plateia mais ampla. E fazemos isso com uma visão mais contemporânea dessa música, desses pífanos modernos, porque eles são muito modernos”, fala. “Esse projeto nada mais é do que um encontro de grandes músicos que se juntaram para fazer música. Ter esses mestres como inspiração e tocando conosco é uma honra.”

Irmãos Aniceto*
Cícero Pereira da Silva (pife)
José Vicente da Silva (pife)
José Adriano Pereira da Silva (zabumba)
José Joval dos Santos da Silva (pratos)
Cícero dos Santos Silva (caixa)