Maestro Martinho Lutero falece em São Paulo

Vítima de uma parada cardíaca, Martinho Lutero Galati de Oliveira morreu no dia 25 de março de 2020, aos 66 anos, na capital paulista. À frente do Coro Luther King, o maestro tornou-se presença constante na programação do Auditório Ibirapuera (AI), tendo se apresentado em muitas oportunidades no foyer da casa.

Desses tantos espetáculos, destacam-se a valorização da cultura brasileira e a abertura para convidados especiais, a exemplo dos cantores Tiganá Santana e Fabiana Cozza. No concerto de 14 de março, três dias antes de o regente ser internado, o coro recebeu, também no AI, o tenor Jean William em mais uma apresentação da série de comemorações dos 50 anos do grupo.

Em respeito às determinações de isolamento social em razão da pandemia do coronavírus, homenagens e confraternizações serão deixadas para o futuro, segundo Sira Milani, produtora e esposa de Martinho Lutero. A cremação ocorre hoje, 26 de março, no cemitério da Vila Alpina, em São Paulo.